—  Warren
Guia do IR: como declarar seus investimentos no Warren - dicas e passo a passo

Todos os anos precisamos prestar contas com o Leão. A declaração do Imposto de Renda costuma deixar a galera de cabelo em pé porque não se trata da coisa mais fácil do mundo, né? Ainda mais quando entram em cena detalhezinhos tão importantes quanto os da declaração dos seus investimentos.

Mas, calma, estamos aqui pra dizer que vai ficar tudo bem. O Warren envia para todos os seus clientes o Infome de Rendimentos por e-mail, com tudo o que você deve usar na sua declaração. Caso não tenha recebido, entre em contato com o oi@oiwarren.com.

Bom, mas o que te obriga a fazer a declaração?
Sendo direto, estes dois cenários:

  • Você recebeu mais de R$ 28.559,70 em 2017
  • Você resgatou valores maiores que R$ 40 mil dos seus investimentos em 2017

Sendo assim, se você não se enquadra nestes dois patamares - ou se encaixa como dependente - não é obrigado a fazer a declaração só por causa dos seus investimentos no Warren.

Ok, eu me enquadro nesta situação e preciso declarar. Como faço para inserir o que tenho investido?
Caso a sua renda exija que você preste as contas com o Leão, você deve usar o Informe de Rendimentos (que você recebe do Warren por e-mail) para realizar a sua declaração normalmente. Aí entra o bom e velho passo a passo:

Baixe o programa do IRPF no seu computador. Após instalado, todo bonitinho, siga exatamente essa ordem:

1 - Acesse a aba Bens e Direitos no menu principal, que fica na lateral esquerda.
1

2 - Selecione a opção Novo ou Editar. Essa última opção para caso você tenha exportado os dados da sua declaração do ano passado.
2

3 - Preencha as informações de cada um de seus investimentos de forma separada. Nos códigos, use:
Código 72 para Fundo de renda fixa
3

No campo discriminação, o ideal é descrever o máximo de detalhes do tipo de investimento que você tem: o agente de custódia, CNPJ do Warren, vencimento, conta, taxa de rendimento, e por aí vai. Já os valores deverão ser os mesmos que são fornecidos no Informe de Rendimentos que o Warren enviou por e-mail.

No campo bem de baixo, Situação em 31/12/2017, deixe zerado caso você tenha feito o resgate total do seu investimento em 2017. Se resgatou apenas uma parte, preencha o valor que corresponde ao que ainda há no fundo (também tem lá no Informe).

Para quem fez o resgate, ainda deverão ser informados os “rendimentos recebidos”. Esse item pede que você diga o lucro que você teve em cada um dos investimentos resgatados.

1 - Clique na aba Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva / Definitiva
4

2 - Selecione a linha 06. Rendimentos de aplicações financeiras.
5

Aí é só informar o valor dos rendimentos, a descrição, o CNPJ e nome da fonte pagadora. Tudo isso consta no Informe de Rendimentos que enviamos pra você.

E pronto. Nossa parte está feita! Caso tenha alguma dúvida, é sempre bom consultar o seu contador! :)

Foto: Joshua Hoehne / Unsplash