—  Bê-a-bá dos Investimentos
Pagadoras de dividendos

DIVO11 é um ETF que investe nas ações de empresas da bolsa brasileira que são as melhores pagadoras de dividendos.

Ao investir em uma empresa, você pode obter retorno através da valorização do preço da ação ou através da distribuição dos lucros. Essa distribuição é chamada dividendos.

Sempre que uma empresa tem lucro, ela reserva parte dele para distribuir aos sócios. No Brasil, as empresas são obrigadas a um pagamento mínimo de dividendos de 25% do lucro.

Existem empresas que pagam dividendos regularmente e elas, normalmente, sofrem menos em momentos de queda da bolsa.

Por isso, investir em empresas boas pagadoras não só traz um fluxo positivo de caixa através dos dividendos, mas também diminui a volatilidade de um portfólio de ações.

Uma forma de analisar se o dividendo de uma empresa é interessante é calculando o dividend yield dela. Basta dividir o dividendo pago ao ano pelo preço de ação.

Equacionando…

…se a empresa paga R$ 1,00 de dividendo por ação ao ano e o preço de ação é R$ 10,00, então R$ 1 dividido por R$ 10 = 10% ao ano de dividendo.

Porém essa é uma análise muito simplista, pois um dividend yield alto pode esconder fatores, como o preço da ação estar super desvalorizado. Então, na hora de compor uma carteira de ações boas pagadoras de dividendos é importante diversificar e procurar empresas que tenham potencial de crescimento dos seus resultados.

No portfólio de ações do Warren, o investimento em pagadoras de dividendos é feito através do ETF DIVO11. Este ETF é emitido pelo Itaú e a sua estratégia é replicar o IDIV (Índice Dividendos) criado pela BM&FBOVESPA.

O ETF investe em empresas de diversos setores, como telecomunicações, elétrico e financeiro e sua metodologia de cálculo é apurar o dividend yield dos últimos 24 meses, relacionar as ações em ordem decrescente de retorno no período e selecionar para a carteira as ações que estiverem dentro dos 25% iniciais de amostra.

Ações integrantes da carteira anterior permanecerão se estiverem dentro de 33% da amostra. Esse método elimina da carteira as ações que pagaram bons dividendos apenas uma vez e as ações que se valorizaram demais, adicionando ações que apresentam crescimento dos lucros e ações cujas cotações caíram demais.

Abaixo a diversificação por setores da economia:

pie chart_02 (1)

Atualmente são 29 empresas que compõe essa carteira: Itaúsa, Vale, Telefônica, Santander, Grendene, CVC, Banrisul, Ecorodovias, Multiplus e Alpargatas.

Resumindo

Ao investir em DIVO11 você está investindo em 29 empresas boas pagadoras de dividendos do Brasil. Diversificando em diversos setores, você vai participar da distribuição de lucros e da valorização delas. Em momentos de queda dos mercados essas empresas tendem a sofrer menos.

fale com warren

(Photo By Roman Mager)