—  Bê-a-bá dos Investimentos
Por que investir na bolsa brasileira ainda em 2018?

A Bloomberg, principal agência de notícias e dados do mercado financeiro divulgou números bastante animadores para os investidores. Uma pesquisa feita com 30 investidores, traders e especialistas apontaram o mercado brasileiro como o mais promissor em 2019.

De acordo com o veículo, o novo ano trará uma boa recuperação nos mercados emergentes, com o Brasil liderando a demanda. Nosso país foi a primeira escolha para as três classes de ativos (moeda, títulos e ações).

Untitled-4

O levantamento afirma que o cenário favorável ao Brasil se deve, principalmente, ao resultado das eleições presidenciais. Na reportagem, que você pode ler aqui, o Brasil é apontado como um mercado em ascensão, já que está menos barato agora do que no meio do ano.

Untitled3

Como o gráfico acima mostra, na metade de 2018, o Ibovespa bateu a mínima do ano ao atingir 69 mil pontos. Ao fim de dezembro, a alta já era de 23,67% em relação a junho, 11,61% no acumulado de 2018 e 16,22% no acumulado em 12 meses, resultados que podem ser considerados ótimos para um ano turbulento política e economicamente.

– O comportamento do Ibovespa em 2018 pode ser dividido pelos dois semestres do ano. No primeiro, além de estarmos guiados pelo cenário externo - aumento dos juros norte-americanos e a guerra comercial, ainda teve a greve dos caminhoneiros que empurraram as estimativas de atividade para baixo. Já no segundo semestre, colocamos os fundamentos da economia e das empresas de lado e o Ibovespa focou única e exclusivamente nas eleições. - explica Felipe Beys, gerente de Relacionamento da Warren.

A bolsa apenas voltou a respirar a partir de setembro, quando o Ibovespa entrou em uma tendência altista, conforme as pesquisas eleitorais eram divulgadas e a confiança do empresariado subia.

Invista agora no portfólio de ações da Warren e seja sócio das maiores empresas do país.

Como ganhar dinheiro com a bolsa brasileira ainda em 2018?

Sendo muito prático: quanto mais o mercado se valoriza, mais caro fica para investir, pois o valor da ação sobe. Por isso, o grande desafio do investidor em ações é obter o melhor preço médio possível (falamos sobre isso aqui).

A expectativa para o crescimento da economia do país reflete diretamente na valorização da bolsa brasileira. A projeção dos especialistas é que ela chegue aos 125 mil pontos em 2019 - um upside de 45% da pontuação atual - caso os principais fatos político-econômico se cumpram. A votação da reforma previdência, as privatizações e o crescimento do PIB são fundamentais para a confirmação deste cenário.

Portanto, para aproveitar o momento e surfar na onda de otimismo antes de uma possível supervalorização do Ibovespa, o investidor que for arrojado deve planejar o seu investimento por agora.

– É importante que o investidor faça compras recorrentes de cotas de fundo de ações para garantir um preço médio e não se posicionar todo em uma única vez, em um único dia a um único preço. Agora, quem já faz investimentos recorrentes deve aumentar a exposição com mais intensidade e com volumes maiores. Vale mencionar que esse otimismo não é apenas por parte dos investidores locais, mas é uma percepção também observada pelo agentes estrangeiros, evidenciado aqui pelo estudo da Bloomberg - finaliza Beys.

Quer tirar melhor proveito da onda de otimismo para 2019?
Invista agora no portfólio de ações da Warren.