Renda (extra) com o que te faz feliz!

Veja como render mais sendo feliz e fazendo o que gosta! Claro que, sempre com responsabilidade.

Arthur Estima

Arthur Estima

Autor do Papo de Grana

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Você já ouviu falar no ditado “Só rende bem aquilo que te faz bem?” Pois então, nem eu. Acabei inventando e achei que faz total sentido! Quantas vezes o despertador já tocou e você ficou pensando: “por que senhor? por que eu tenho que levantar e ir trabalhar agora?” Depois de algumas prováveis desculpas que você pensa em dar ao RH, acaba levantando pois o dia brilha e O BOLETO ESTÁ VENCENDO!!!!! Essa falta de propósito é um dos principais motivos que as pessoas rendem menos durante o trabalho. Renda extra!

Conheça a história do Tiago Schmitz e veja o que ele fez para mudar sua vida financeira!

via GIPHY

Pagar as contas tendo que trabalhar em algo que você não gosta e não quer!

O Brasil está passando por um situação econômica, política e social meio estranha! Um dos indicadores que mais assustam os que pensam em trocar de emprego é justamente o nível de desemprego no país. Segundo o IBGE, no primeiro trimestre de 2019, mais de 13 milhões de brasileiros estavam desempregados. Aí você pensa: gente, é brasileiro pra caramba desempregado, tudo bem que meu trabalho é horrível mas pelo menos estou pagando minhas contas.

Sim, óbvio que você tem que dar prioridade para seus boletos para que eles não se tornem um inferno na sua vida financeira. Os bancos não perdoam quando você atrasa uma conta, principalmente a do cartão de crédito, então, PAGUE SUAS CONTAS ANTES DE MAIS NADA. Pra ficar ligado, em maio, o Banco Central informou que a média da taxa de juros do CARTÃO DE CRÉDITO rotativo foi de quase 300% ao ano, então não atrasem suas faturas.

Mas venho trazer notícias boas. As relações e conceitos de trabalho estão mudando e você tem a oportunidade de aproveitar essa onda e trabalhar com o que você realmente gosta! Vou te contar alguns exemplos:

As relações e conceitos de trabalho mudaram

O projeto do Papo de Grana se estende a empresas onde fazemos palestras sobre educação financeira para os colaboradores. Em uma dessas palestras conheci o Bento. Para preservar a identidade dele e da empresa, criei este nome fictício para contar a sua história. Em um papo descontraído, ele comentou que não estava satisfeito com seu trabalho e inclusive queria sair da empresa. Perguntei se o Bento já sabia o que ia fazer e como ia se manter até achar um novo emprego e eis a surpresa que tive:

Arthur, hoje eu ganho R$ 2.500 como analista de marketing. Faz 3 meses que eu estou fazendo freela de fotógrafo nos finais de semana e mês passado consegui “tirar” R$ 2.000,00. Provavelmente esse mês feche a mesma Grana que eu ganho aqui na firma.

Perguntei por quê ele não mantinha os dois trabalhos para ter uma renda maior e ele respondeu:

Cara, isso daqui não brilha meu olho, eu amo tirar fotos e quero trabalhar com isso. Estava esperando equilibrar a grana que eu ganho para poder sair.

Então é isso, vou me demitir e ir atrás dos meus sonhos!

Não, calma!

Lendo o livro Originais, de Adam Grant, percebi que o Bento fez certo e você também deveria seguir este exemplo. No livro, o autor mostra a história de alguns personagens como Jeff Bezos, fundador da Amazon, Steve Jobs, fundador da Apple e Pierre Omidyar, eBay. O que eles tinham em comum? Uma ideia brilhante a ser validada, o desejo de empreender e sair do trabalho atual. Como fizeram isto? Mitigando o risco. Trabalhando nos finais de semana, testando suas ideias ou conciliando seu trabalho e projeto durante o dia. A partir do momento em que a ideia estava validada e financeiramente interessante para eles, foi possível fazer essa troca. Os empreendedores de sucesso são aqueles que arriscam mas sempre controlando os riscos.

Minha namorada é um belo exemplo disso, talvez AINDA não no nível de ter um negócio milionário. Ela está se formando em direito e não está convicta que seguirá esta carreira. Desde cedo, inspirada pelos pais, ela tem uma paixão por desenhos e pinturas. Não é porque sou namorado dela, mas admiro bastante o talento e esforço dela.

No início de 2019 ela criou um Instagram para divulgar seus desenhos (@meusdesenhos.jpg) e alguns meses depois identificou uma oportunidade de monetizar (ganhar Grana) o que ela mais gosta de fazer: desenhar! Começou a vender alguns desenhos e a aceitar encomendas pelo Instagram. A rotina da Luzia era estágio, faculdade e nos finais de semana ela focava nos desenhos. Não durou 2 meses para estar ganhando mais com as encomendas e obras de arte vendidas do que com o próprio estágio. O que ela fez? Resolveu seguir o sonho dela, largou o estágio e está focando no seu negócio. Aqui embaixo alguns desenhos dela S2

Não sei desenhar, não sou desenvolvedor, não tenho ideias de negócio, não vou conseguir empreender.

Negativo. Como falei lá em cima, a internet ajudou a mudar a relação e o conceito da palavra trabalho. Você tem algum hobby, gosta de trabalhos manuais, sabe bastante sobre algum tema bem específico? Saiba que é possível sim fazer dinheiro com isso e provavelmente alguém já deve estar ganhando Grana com o que você sabe fazer. Procure! Veja como estas pessoas estão ganhando Grana, identifique novas oportunidades. Existem quase 8 bilhões de pessoas no mundo. Tenho certeza que você pode se inspirar em alguém que esteja empreendendo em algum canto deste planeta. O Instagram, pinterest e o google são ótimas ferramentas de busca e referências .

Você está terminando o mês no vermelho e insatisfeito com seu trabalho? Vou dizer a fórmula mágica que ninguém nunca te disse
– Gaste menos;
– Ganhe mais.
hehe, ok, vou aprofundar mais.

Como gastar menos?
Mudança de hábitos; revisar as contas; mudar as prioridades; levar marmita de casa; parar de gastar no lanche da tarde na padaria da esquina do seu trabalho ou no bar da faculdade; andar de bike.

Como ganhar mais?
Vire um youtuber; venda sanduíche na sua empresa (já fiz e deu super certo); traduza textos; passeie com dogs; crie um blog; venda desenhos. Enfim, alguém deve estar disposto a pagar um valor por alguma habilidade/conhecimento que você tenha, serviço que você preste ou produto que você venda. Pesquisei no google formas de ganhar dinheiro e achei este texto que pode dar aquela ajudinha!

Você vai ganhar mais dinheiro fazendo aquilo que você gosta!

Talvez não no primeiro nem no segundo mês. Talvez demore um pouco mais que isso, não desanime. Fazendo o que você gosta, você faz com tesão! É muito mais empolgante estar num projeto que você ama o que faz: consequentemente o rendimento no trabalho aumenta. Escolha a sua própria carreira, o seu próprio caminho que tudo vai fazer sentido! 😉

Reforçando: suas contas em primeiro lugar, não deixe que os bancos te seduzam com o cheque especial, empréstimo para viajar e essas coisas.

Organize melhor seu tempo e tente conciliar o novo projeto que eu sei que você já está pensando. Os grandes originais não jogaram na mão de deus suas contas, largaram tudo e foram atrás de seus sonhos sem cuidar os próximos passos. Avance estrategicamente, construa um plano, vá atrás de seus objetivos e renda do que te faz feliz!

Aquele abraço e até o próximo texto 😉

Compartilhe este texto com seus amigxs!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp