—  Adeus poupança!
Tenho R$ 20 mil. Como invisto?

Opa, deu um estalo e você percebeu que tem R$ 20 mil que você não quer de jeito nenhum deixar na poupança. Faz certo. E vou ajudar você a pegar essa grana e investir bem.

Vamos lá.

Existem dois objetivos básicos que você precisa ter: reserva de emergência e aposentadoria.

A reserva de emergência é aquele capital para ser usado no curto prazo. É o porquinho que você vai quebrar caso surja alguma zica. E a aposentadoria é totalmente o oposto. É seu plano de longo prazo. Aquele patrimônio a juntar que vai permitir você ter uma vida tranquila quando quiser diminuir o ritmo de trabalho.

Se você ainda não começou a construção deles, sugiro usar esses R$ 20 mil para começar isso.

Via de regra, a reserva de emergência é um capital de 6 vezes seu salário mensal. Então se o seu salário é R$ 5 mil você precisa ter R$ 30 mil como reserva de emergência. Começando com R$ 10 mil e com R$ 450 mensais, em 3 anos você chega nos R$ 30 mil. Este objetivo precisa ser investido em produtos sem risco de oscilação e com resgate a qualquer momento, sem qualquer multa. Por isso a sugestão é por títulos do governo pós fixados.

Para aposentadoria, você precisa em média R$ 1 milhão para ter uma renda mensal de R$ 5 mil. Começando com R$ 10 mil, você precisará investir R$ 970 mensalmente para em 25 anos chegar ao R$ 1 milhão. Este objetivo precisa performance e por isso os produtos que farão parte dele precisam ser ações de empresas americanas e brasileiras.

O que acontece se você tentar construir esses planos em um banco ou corretora?

Primeiro, você vai ter que responder uma série de perguntas que tecnicamente se chama suitability e a resposta delas será o seu perfil de investidor. Feito isso, você será carimbado na testa: conservador, moderado ou agressivo e a partir daí vai receber sugestões de produtos.
Mas essa é uma forma um pouco limitada de investir seu dinheiro.

O que acontece se você criar esse objetivo e investir no Warren?

Você também responde ao suitability e descobre seu perfil, mas a grande diferença é que as sugestões que você recebe não são baseadas apenas nesse perfil. Você cria um objetivo, essa informação é cruzada com o seu perfil e aí sim, o Warren te dá a melhor sugestão de investimento, personalizada para você e o que você quer realizar.

Desse jeito, você pode ter diferentes portfólios para cada objetivo e ainda acompanhar eles tranquilamente através do Warren.

E aí, pronto para começar a investir?