—  Bê-a-bá dos Investimentos
Tesouro Direto, o que é isso?

Se você procura investir bem, provavelmente já pesquisou ou já ouviu falar sobre Tesouro Direto. No ranking de pesquisas do Google, é um dos termos mais buscados. Em resumo, Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional desenvolvido em parceria com a BM&FBovespa para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet. Ou seja, uma plataforma que surgiu com o objetivo de facilitar o acesso aos títulos públicos, ao permitir aplicações com apenas R$ 30,00.

Mas o que são título públicos?

E como investir em títulos públicos no Tesouro Direito?

Títulos públicos são papéis da dívida pública federal. Quando você investe em títulos públicos, na teoria, você faz uma espécie de empréstimo ao governo. Você recebe, ao final do prazo de vencimento estipulado, a quantia emprestada mais sua recompensa por ter emprestado seu dinheiro.

Existem diversos tipos de títulos que formam uma bela sopa de letrinhas (LTN, NTN, LFT) e, cada título, tem recompensas diferentes. Parece complicado, mas não é! Existem títulos pré-fixados (você sabe exatamente a rentabilidade que irá receber se mantiver o título até a data de vencimento), e títulos pós-fixados (nesse caso, indexado a algum índice de inflação (IPCA) ou de juros (Selic)).

São investimentos com pouco risco, pois os títulos públicos são 100% garantidos pelo Tesouro Nacional (o Tesouro Nacional é o caixa do Governo). As principais vantagens dos títulos públicos são segurança, liquidez, baixo custo e facilidade de acesso. Veja mais aqui!

E para investir no Tesouro Direto?

Você pode abrir conta em uma corretora e comprar diretamente os títulos que achar mais interessante para o seu perfil.

Ou, pode contar com o Warren :)

fale com warren

(Photo By Samuel Zeller)